.

Piramides

egipto.com.br

.
.
Publicidade:

Faraós Egípcios: Símbolo de Poder do Egito Antigo.

.

O Faraó era venerado como um deus, no Egito Antigo existia uma teocracia, ou seja, a autoridade era emanada dos deuses ou de Deus, sendo exercida por seu representante na Terra, neste caso o Faraó do Egito Antigo.

O Faraó tinha em suas mãos todos os poderes, desempenhava funções militares, religiosas e jurídicas. Era o dono de todas as terras do Egito.

Entre seus adormos estavam as coroas, existindo quatro tipos:  a coroa dupla, a coroa branca, a coroa vermelha e a coroa azul. Veja abaixo as imagens destas coroas usadas pelos faraós sobre a cabeça:
.

Coroa vermelha do Baixo Egito.

Coroa vermelha do Baixo Egito.

Coroa branca do Alto Egito.

Coroa branca do Alto Egito.

Coroa da unificação do Alto e Baixo Egito.

Coroa da unificação do Alto e Baixo Egito.

Coroa azul usada durante as guerras.

Coroa azul usada durante as guerras.

O faraó na maior parte do tempo era visto pela elite e pouco se mostrava ao restante da população.

Para mostrar poder, manter a ideologia e perpetuar sua imagem divina construía monumentos gigantescos.

Apesar de todo o poder sua vida era bastante restrita. Passava os dias entre uma série de rituais fazendo oferenda aos ancestrais, como também participava de cultos religiosos, reuniões com funcionários, além de fiscalizar a administração do reino.

Tinha muitas esposas, mas escolhia uma para ser sua esposa oficial; casava-se muitas vezes, com membros da própria família, para manter a pureza de sangue e a riqueza.

Publicidade:
Publicidade:
   

.

.
www.egipto.com.br
.
.