.

Piramides

egipto.com.br

.
.
Publicidade:

Economia do Egito Antigo:

.

A economia do Egipto Antigo era alicerçada em quatro pliares principais: agricultura, pecuária, comércio e artesanato.

Agricultura do Egito Antigo:

A agricultura base da economia egípcia prosperou graças ao trabalho árduo de seu povo.
O trigo e a cevada eram os principais produtos cultivados. Plantavam também legumes, frutas, verduras, linho, algodão e papiro. A cebola era muito utilizada na culinária e também nos processos de mumificação - usavam-na para representar o olho nos mortos.
Usavam no campo enxada, arado e o shaduf, um interessante instrumento usado para retirar águas do Rio Nilo. 

.

.

Utilização do Shaduf Para Tirar Água do Rio Nilo:

Shaduf Tirando Agua do Rio Nilo.

.

Antes do início da colheita, que ocorria entre os meses de março a junho, os escribas mediam o campo para saber a quantidade exata de grãos produzidos.

Os camponeses trabalhavam ouvindo o som de uma flauta e fazendo orações à deusa Ísis. Para eles o corte do trigo relembrava a morte de Osíris, marido de Ísis.

Levavam ao vilarejo os grãos colhidos que eram macerados sobre uma eira pelo gado, na sequência os grãos eram juntados com pás e jogados para o alto. Assim o vento levava as cascas, mas o esterco misturava-se com os grãos. 

Após este processo, escribas e medidores registravam a colheita. Se a quantidade prevista não era obtida os camponeses poderiam ser punidos.

Por último o cereal era levado para os celeiros. Os camponeses deveriam proteger os grãos do ataque dos ratos, para isso domesticaram gatos.

Pecuária do Egito Antigo:

A pecuária não apresentou grande desenvolvimento devido à reserva das terras férteis para a agricultura. Assim, o gado em sua maior parte era criado em estábulos e marcado a ferro. Além do gado, criavam também, asnos, burros, porcos, cabras, patos, gansos, carneiros.

Comércio do Egito Antigo:

Na história econômica do Egito o comércio internacional ocupou um papel secundário. Intensificou-se somente a partir do ano 2000 a.C. pelas transações comerciais realizadas entre Creta, Palestina, Síria, Arábia e Fenícia. Este último de extrema importância, pois de lá vinha à madeira que era trocada por cereais e papiro. Todo comércio era regulado pelos faraós.

O comércio era realizado através de troca. Trocava-se, por exemplo, cobre e madeira por produtos agrícolas.

Artesanato do Egito Antigo:

Bastante diversificado entre os egípcios, usavam como matéria-prima a madeira, o papiro, o cobre, o bronze, o ouro, o marfim e o couro. Os artesãos produziam móveis, jóias, barcos, brinquedos e muitos outros ornamentos.

Publicidade:
Publicidade:
   

.

.
www.egipto.com.br
.
.