.

Piramides

egipto.com.br

.
.
Publicidade:

O Egito é uma Dádiva do Nilo: Frase de Heródoto.

.

A frase "O Egito é uma Dádiva do Nilo" é muito citada. Mas qual é a sua explicação?

O regime do Rio Nilo está condicionado às chevas de verão, que fazem crescer os afluentes oriundos do Maciço da Etiópia. 

Em meados de junho inicia-se a enchente, as águas se elevam entre 7 a 8 metros, inundando as regiões ribeirinhas e alimentadno os canais de irrigação. Quando voltam ao nível normal, a partir de outubro e novembro, todo o estreito e alongado vale se recobre por um limo extremamente fértil, que dá vida ao país e garante a subsistência dos camponeses felás.

Por isso, no século V a.C., Heródoto, o famoso historiador grego, ouviu dos sacerdotes egípcios esta frase: "O Egito é uma Dádiva do Nilo". Ficando claro que sem o Nilo o Egito Antigo que conhecemos, possivelmente não existiria.

Controle das Cheias do Rio Nilo.

Foram os inglêses os primeiros a corrigirem as cheias do Rio Nilo, através da construção da barragem de Assuã, isto em 1902. Graças a ela, as cheias passaram a ser controladas, o nível tornou-se estável durante o ano todo, podendo a água ser conduzida aos canais de irrigação em qualqer estação do ano.

Em época mais recente, o governo Egípcio iniciou a construção de uma nova barragem, que atualmente serve para a produção de energia elétrica em grande escala para o uso da população, comércio e indústrias egípcias. Esta nova barragem foi inaugurada em 21 de julho de 1970.

.

Publicidade:
Publicidade:
   

.

.
www.egipto.com.br
.
.